Doenças bucais são detectadas precocemente por meio de Check-up Digital

A tecnologia é uma aliada da prevenção de problemas bucais
A tecnologia é uma aliada da prevenção de problemas bucais

Esta semana começa com uma data especial: 20 de março é Dia Mundial da Saúde Bucal. Para quem trabalha diretamente com a reabilitação de sorrisos e conhece as complicações que os problemas bucais podem causar em todo o organismo, esse é um dia emblemático: um momento em que precisamos insistir no fato de que a grande maioria desses problemas podem ser evitados, com alguns cuidados rotineiros e com o tratamento precoce.

A Federação Dentária Internacional (FDI) estima que 90% da população mundial vai sofrer de alguma forma de doença bucal ao longo da sua vida. Muitas dessas pessoas terão severos comprometimentos da sua saúde sistêmica por conta disso, além dos prejuízos estéticos e do comprometimento da qualidade de vida, por causa da dor e dos incômodos causados por problemas que poderiam ser facilmente prevenidos.

Usar fio dental, escovar os dentes após todas as refeições e visitar o dentista regularmente para realizar as limpezas em consultório. Essa é a profilaxia básica recomendada a todos os pacientes, em todo o mundo.

Mas, hoje em dia, temos também ao nosso lado a tecnologia de ponta, podendo fazer ainda mais pelo paciente!

Se na consulta de rotina e na anamnese, nós já conseguimos altíssimos índices de sucesso, intervindo precocemente em problemas iniciais, com a ajuda de equipamentos modernos, como o Check-up Odontológico Digital, nós conseguimos estar diversos passos à frente das cáries, das infiltrações, da placa bacteriana e, até mesmo, do câncer de boca.

Esse exame é realizado por meio da captura de imagens por uma câmera intra-bucal de alta definição, que aumenta até 60 vezes o tamanho das imagens captadas. Além da ampliação e da exibição das imagens captadas em um monitor no consultório, o equipamento registra até 150 fotos, que ficam à nossa disposição para estudos detalhados e acompanhamento da evolução do quadro clínico detectado.

Gosto sempre de listar os exemplos de quadros clínicos beneficiados com essa conduta, pois grande parte deles são situações possíveis de resolver precocemente, mas que, quando evoluem e chegam a incomodar o paciente – pela dor, inflamação ou infecção – trazem quase sempre grandes complicações.

Resolver problemas complexos não é difícil para o dentista. Mas, como profissionais comprometidos com a saúde e com o bem-estar em primeiro lugar, precisamos dar ênfase aos procedimentos que podem evitar a necessidade de intervenções drásticas e os tratamentos mais onerosos. É uma questão de consciência e de compromisso com a Saúde Bucal.

EXEMPLOS DE QUADROS QUE O CHECK-UP PREVENTIVO DIGITAL DETECTAR

  • Cáries em estágios iniciais;
  • Cáries em locais de difícil acesso ou visualização, como as que se formam nos sulcos dos dentes molares e pré-molares ou as cáries interproximais, que se formam na face de contato entre dentes muito unidos;
  • Determinação do nível de profundidade de cáries em estágio avançado;
  • Presença de placa bacteriana;
  • Cálculo dentário em formação e grau de desenvolvimento do cálculo dentário avançado;
  • Trincas e desgastes no esmalte dentário;
  • Inflamacoes gengivais e doenças periodontais;
  • Infiltrações em restaurações;
  • Infiltracoes sob próteses fixas;
  • Nível de conservação das restaurações.

Dra. Marlei Bonella,
periodontista e implantodontista