Correção gengival feita em uma hora

A sequência fotográfica abaixo mostra o caso clínico de uma paciente de 25 anos, que apresentava sorriso gengival e foi submetida à gengivectomia, uma das técnicas de plastia gengival.

Zelosa com os seus dentes, a paciente sempre realizou consultas e manutenções periódicas no dentista, mas sentia que seu sorriso poderia ser mais expressivo, mesmo sem saber exatamente como isso seria possível.

Nota-se que os dentes  são saudáveis e sem restaurações, mas com excesso de tecido gengival, o que compromete o sorriso.
Nota-se que os dentes são saudáveis e sem restaurações, mas com excesso de tecido gengival, o que compromete o sorriso.

Após fazermos as análises diagnósticas e de constatar que de fato haveria a indicação para a remoção de excessos de tecido, ela se decidiu pela realização do procedimento.

Todo processo durou cerca de uma hora. Hoje, nas consultas de rotina, podemos verificar a sua grande satisfação com os resultados, através de um sorriso muito mais radiante e expressivo.

Utiliza-se uma sonda periodontal milimetrada para aferir qual é o excesso gengival.
Utiliza-se uma sonda periodontal milimetrada para aferir qual é o excesso gengival.

Antes da cirurgia é feita a sondagem periodontal, medindo o quanto de tecido será removido.

A cirurgia é realizada com anestesia local e a remoção da gengiva é realizada com um bisturi.

Não há muito sangramento no processo. O procedimento cirúrgico dura, em média uma hora, dependendo do número de dentes envolvidos.

Neste caso relatado aqui, a área envolvida foi a do chamado corredor estético

Imagem do processo da plástica gengival, com a gengivectomia já feita, do incisivo superior esquerdo até ao canino do lado direito. É notável já aí a diferença em relação ao lado que ainda não passou pelo procedimento, com os dentes bem mais “escondidos” pela gengiva.
Imagem do processo da plastia gengival, com a gengivectomia já feita, do incisivo superior esquerdo até ao canino do lado direito. É notável já aí a diferença em relação ao lado que ainda não passou pelo procedimento, com os dentes bem mais “escondidos” pela gengiva.

do sorriso. Ou seja, o procedimento foi feito de um dente canino ao outro.

Na foto ao lado, já é possível perceber a diferença entre um lado e outro, enquanto o procedimento ainda estava sendo realizado.

Os dentes do lado direito da paciente (área onde vemos o pequeno sangramento) já estão bem mais expostos do que os da esquerda (área que ainda não havia sido trabalhada).

O pós-operatório da plástica gengival é tranquilo. Nos primeiros dias é pedido que o paciente se submeta a uma dieta alimentar líquido-pastosa, que deve ser morna ou fria. São prescritos analgésicos anitinflamatórios de seis em seis horas, caso a pessoa sinta a região dolorida. Para evitar inchaços, a pessoa deve fazer compressas de gelo na região.

Resultado final, cerca de 20 dias após a realização da plástica gengival. Nesta altura, as gengivas ainda estão um pouco inchadas, mas já é possível notar que os dentes belos e saudáveis da paciente já não estão escondidos pela gengiva.
Resultado final, cerca de 20 dias após a realização da plástica gengival. Nesta altura, as gengivas ainda estão um pouco inchadas, mas já é possível notar que os dentes belos e saudáveis da paciente já não estão escondidos pela gengiva.

A limpeza da região submetida à cirurgia deve ser feita com um cotonete embebido em antisseptico bucal, quatro a cinco vezes por dia. Os demais dentes podem ser escovados normalmente.

De 10 a 20 dias após o procedimento já é possível notar o resultado final, com um sorriso bem mais harmônico, sem os excessos gengivais cobrindo os dentes.

 

 

Como é a plástica gengival

Celebridades recorrem à plástica gengival