Detalhes do sorriso do Gaúcho

ronaldinhoO Fantástico oficializou a notícia que já andava chamando atenção: o craque Ronaldinho Gaúcho mudou significativamente o sorriso. Mudou, e para melhor. Algumas informações trazidas pela matéria, entretanto, merecem algumas ressalvas.

Por um lado, a reportagem foi muito positiva ao mostrar o excelente exemplo de como um trabalho bem feito de Odontologia pode fazer a diferença na estética. As imagens do “antes e depois” já andavam circulando pelos portais de notícia e redes sociais, mas faltava explicar quais haviam sido exatamente os procedimentos.

Dentro do possível, a matéria foi bem, explicando que o jogador passou primeiro por uma cirurgia plástica de gengiva e, na sequência, pela colocação de facetas em diversas unidades dentárias.

Teria sido interessante dizer que esses são processos feitos em etapas, mas que ambas são relativamente rápidas e sem restrições para o paciente após os procedimentos.

Foi importante também a ressalva de um ortodontista, alertando que, se o craque tivesse tido a paciência de utilizar o aparelho antes dos procedimentos, no seu caso, o resultado poderia ser ainda mais positivo.

Certamente, essa opção de usar aparelho significaria um tratamento um pouco mais prolongado. Mas tratamentos ortodônticos, do ponto de vista funcional (isto é, para além das questões estéticas) são sempre importantes, uma vez que problemas de oclusão podem prejudicar funções importantes como mastigação e respiração, por exemplo.

Por outro lado, a matéria não foi tão bem ao deixar entender que o valor pago pelo craque, R$ 150 mil, representa uma estimativa de preço para procedimentos semelhantes.

É difícil dizer se os valores do tratamento do Ronaldinho estão superdimensionados sem sabermos, por exemplo, quais foram os materiais utilizados nos procedimentos. Contam aí também os valores praticados pelos profissionais que o atenderam – e, nesse aspecto, o mercado é livre para que cada um pratique o que bem entender pela sua hora, desde que respeite as tabelas mínimas da Associação Brasileira de Odontologia (ABO).

Além da cirurgia plástica gengival – realizada hoje com facilidade nos consultórios odontológico por valores bastante acessíveis -, o tratamento do jogador incluiu as facetas estéticas. Elas podem ser feitas com resina fotopolimerizavel ou cerâmica, que é um material um pouco mais caro. Em nenhum dos casos, porém, a estimativa média para esses tratamentos corresponde ao que foi desembolsado pelo Ronaldinho Gaúcho.

Conclusão: o Gaúcho pagou um preço alto para ter um sorriso novo. Não conhecemos os pormenores que levaram a esses custos. Mas, para a maioria das pessoas, é possível realizar o sonho de melhorar a estética dos dentes por valores, definitivamente, muito, mas muito mais em conta mesmo!