Infecção dentária como a de Pabllo Vittar é um problema recorrente

O sorriso lindo de Pabllo Vittar pregou uma peça na cantora, na última semana. Uma infecção em um terceiro molar (siso) a obrigou a cancelar sua agenda de shows para os próximos 10 dias, incluindo a sua participação no programa “Criança Esperança”, levado ao ar no último dia 19. Conforme as notícias que circulam na mídia, as ordens médicas foram categóricas, exigindo repouso absoluto e tratamento intensivo para controlar o quadro infecto-inflamatório.

cantora pabllo vittar
Cantora enfrenta infecção séria em um dos sisos

Mas pode um dente infeccionado colocar um paciente em risco a esse ponto? Sim, pode! E o terceiro molar é uma unidade dentária especialmente propensa a esse tipo de problema, conforme já tivemos oportunidade de explicar aqui no Blog Boca e Saúde (confira aqui um post específico sobre esse tema).

Os terceiros molares (ou dentes sisos) são dois pares de dentes inferiores e superiores que erupcionam por último em nossa boca, geralmente entre 16  a  25 anos.

dente siso
Os terceiros molares são os últimos dentes a erupcionar na nossa arcada

“Devido à sua localização e características específicas, a higienização desses dentes é mesmo mais difícil. Essa é uma área de grande incidência de problemas como cáries e inflamações gengivais”, explica a periodontista e implantodontista Marlei Bonella, diretora clínica do IOS.

Segundo a especialista, existe um quadro típico nessa área, causado pelo acúmulo da placa bacteriana e do cálculo dentário chamado pericoronarite, que se caracteriza por uma séria inflamação e dor intensa. Nesses casos, é preciso agir rápido, resolvendo o problema de base e evitando a progressão do quadro infeccioso no organismo do paciente.

Muitas vezes, o processo de erupção dessas unidades dentárias também pode gerar complicações. Pois, dependendo da forma como estiver posicionado, mesmo sem erupcionar completamente, o terceiro molar pode “empurrar” os outros dentes, gerando alterações na mordida. Em muitos casos, após a devida avaliação por um especialista, pode haver até mesmo a indicação para extração desses dentes.

Ainda não conhecemos detalhes do quadro clínico de Vittar, mas estamos aqui na torcida para que a cantora se recupere rápido e que receba o melhor acompanhamento odontológico para, em breve, estar de volta aos palcos com o seu belo sorriso!

DICAS

  • Quadros infecto-inflamatórios, quando negligenciados, além de forte dor, podem causar diversas complicações para a saúde bucal e a saúde sistêmica;
  • Visitas regulares (semestrais) ao dentista são fundamentais para evitar esse tipo de situação, sendo muito recomendável a realização do check-up preventivo digital pelo menos uma vez ao ano;
  • Um dente mal posicionado também pode criar um “efeito-dominó”, desestabilizando toda a arcada. Diante desse tipo de situação é muito importante passar pela avaliação de um especialista, para verificar a necessidade de extração ou correção com aparelho orotodontico.

CONFIRA AQUI MITOS E VERDADES SOBRE O DENTE SISO

AGENDE A SUA CONSULTA