Pequena intervenção, grande mudança

Conheci um jovem educado, brincalhão e sorridente há poucas semanas. Mas sabe aquela característica singular, que faz com que você não tire os olhos de alguma coisa que não está bem na expressão de uma pessoa?

Pois é, não pude deixar de reparar na fratura logo no seu elemento dental 21, o incisivo central superior esquerdo, comprometendo a estética do seu sorriso.

caso clínico
Na foto, o sorriso do jovem antes da realização do tratamento.

Conversamos, e eu disse para que ele me procurasse em consultório, pois essa e uma questão simples de resolver, mas que muitas pessoas ainda postergam, muitas vezes pensando em razões econômicas, sem se darem conta de que, hoje em dia, os tratamentos estão cada vez mais acessíveis e que, além disso, manter um problema como esse pode comprometer a mastigação (e também outras funções como respiração e fala) e levar a uma movimentação indesejada de outras unidades dentárias.

Poucos dias depois, ele me procura na clínica de Vitória e, tão rapidamente quanto nos conhecemos e conversamos sobre o seu problema, eis aqui o resultado de um sorriso renovado. Daí a decisão de compartilhar aqui neste nosso blog este caso clínico simples, mas que tanta diferença pode fazer não só na aparência deste jovem de 14 anos, quanto nas suas interações sociais, oportunidades de trabalho, etc.

caso resolvido
Aqui, o sorriso já com o elemento 21 devidamente restaurado.

Todo trabalho foi realizado em apenas duas sessões. A primeira consistiu na consulta propriamente dita, para confirmação diagnóstica, orientação da higiene bucal, terapia periodontal (raspagem supragengival), profilaxia e aplicação de flúor – ou seja, todo um procedimento preparatório desejável antes da realização de qualquer tratamento dentário.

Na segunda sessão, nos dedicamos à restauração do dente em si, usando resina fotopolimerizável para preencher o espaço que faltava na unidade dentária.

antes e depois
Na imagem superior, a fratura. Embaixo, o clique após a restauração.

Como é possível observarmos nas fotos, esse paciente tem também os dentes superiores vestibularizados (um pouco para frente). Obviamente que, após a realização do tratamento periodontal e da restauração estética, ele saiu do consultório com a orientação de buscar um tratamento ortodontico, assim que for possível, pois, apesar de realizar uma boa higienização em casa, o posicionamento dos dentes pode afetar a sua saúde bucal no futuro.

Além disso, esse paciente deverá fazer manutenções semestrais, para o acompanhamento clínico e periodontal, conforme o protocolo das clínicas IOS de acompanhamento da saúde bucal.

Está aí, portanto, mais um sorriso bonito e saudável, pronto para ser exibido!

Dra. Marlei Bonella,
Periodontista e Implantodontista