Sorriso completo e autoestima elevada

A ausência de dentes é algo que causa imenso desconforto à pessoa. Quando ela ocorre no chamado corredor estético do sorriso (os chamados “dentes da frente”), pior ainda. Pois, somado à dificuldade funcional na mastigação e na mordida vem também o constrangimento de sorrir e falar em público.

Não ter determinados elementos dentários representa um problema social, uma vez que impacta até mesmo a autoestima.

Na foto a seguir observamos a diferença no conjunto estético da dentição de um homem de 49 anos. Antes, com a falta de dois elementos dentários e, depois, com as próteses sobre implantes já instaladas.

post(antes_depois)

Feitas há muitos anos, as extrações desses dois elementos dentários (o primeiro pré-molar superior direito, o dente 14; e o primeiro molar inferior direito, o 46) representavam para este paciente uma mutilação do seu sorriso.

Apesar de “adaptado” à falta dos dentes, ele sonhava com a reposição dos mesmos.

Note-se que se tratava de uma boa dentição, com elementos hígidos (saudáveis) sem muitas restaurações  e uma mordida sem maiores comprometimentos. A falta de um único elemento dentário, além do fator estético, com o tempo, tende a desestabilizar toda essa estrutura, levando ao deslocamento de outras unidades e à perda de outros dentes, além da perda óssea na região edentula (área sem o dente).

Os implantes (parafusos de titânio colocados no lugar da raiz do dente) foram instalados no mesmo dia. Após um período de quatro meses para aguardar  a osseointegração foi feita a colocação das próteses sobre os implantes (instalação da parte final que preenche o vazio estético da unidade dentária).

Radiografia do implante, ainda sem a prótese, no elemento 14.
Radiografia do implante, ainda sem a prótese, no elemento 14.
Raio-x da prótese sobre implante instalada no elemento 14.
Raio-x da prótese sobre implante instalada no elemento 14.

 

 

 

 

 

 

Radiografia do implante, ainda sem a prótese, no elemento 46.
Radiografia do implante, ainda sem a prótese, no elemento 46.
Raio-x da prótese sobre implante já instalada no elemento 46.
Raio-x da prótese sobre implante já instalada no elemento 46.

 

 

 

 

 

 

Hoje em dia, muitos pacientes chegam ansiosos no consultório, solicitando a chamada carga imediata, isto é, a colocação de implante e prótese sobre implante no mesmo dia. De fato, as técnicas modernas permitem que isso seja feito em inúmeros casos.

Entretanto, há casos em que a carga imediata não é possível, pois é necessário esperar a osseointegração do implante. É o tempo de regeneração e acomodação dos tecidos ósseos e gengivais ao elemento implantado.

Muitas vezes, é necessário fazer-se também enxertos ósseos ou de tecido gengival, mas esse não foi o caso neste paciente. Em poucos meses, ele ganhou de volta o prazer de sorrir e segue extremamente satisfeito com a sua dentição completa, estável e podendo sorrir sem constrangimentos.

Abaixo, um esquema ilustrativo das partes componentes de um implante dentário:

implante esquema